Leituras em 2012

Os membros do Shitchat podem aparentar serem pessoas que não lêem, e…. Eu queria dizer que é mentira, mas duvido que eles leiam algo que tenha mais de 140 caracteres, inclusive esse post não será lido por ninguém da equipe, e estou sofrendo bulen por ser a única da equipe que lê livros. Enfim…

livros

2012 foi um ano mais dedicado às compras de livro que à leitura em si. Quase tive que decidir entre jogar fora os sapatos para ter espaço para os livros, mas ler, que é bom, foram poucos livros mesmo. Pelo menos, tive a sorte de ler coisas bem legais, como…

leitura

Fazendo Meu Filme 4: Fani Em Busca do Final Feliz – Paula Pimenta

A Paula Pimenta tirou a literatura juvenil brasileira do marasmo e descreveu com realismo os amores e dúvidas da adolescente Fani, e todos agradecemos por isso. Mas, quatro livro depois, todo mundo queria saber como seria o final feliz da Fani, que já não é mais adolescente, é uma jovem mulher decidindo o que fazer no resto de sua vida. A estrutura da história é bem diferente dos três livros anteriores, o que é positivo, pois a Paula mostra que ainda pode surpreender os leitores. É uma ótima leitura, não apenas para adolescentes, mas para pais e homens também. A conferir o lançamento de Minha Vida Fora de Série – Segunda Temporada em 2013.

Por Isso A Gente Acabou – Daniel Handler

A história de uma garota contando para o ex por que o relacionamento deles não deu certo poderia transbordar de recalque, mas a mente de Daniel Handler vai mais além. Daniel descreve o coração de uma adolescente de 16 anos sem soar piegas ou artificial. E não contente em incorporar uma adolescente e seu mundo, Daniel cria uma atriz e diversos filmes. Foi meu primeiro livro dele, e certamente não será o último. Obrigada pela dica, @DayseD!

Jogos Vorazes – Suzanne Collins

Tá, todos ouviram falar sobre a trilogia, viram o filme (e se não, deveriam), mas foi um dos melhores livros que li no ano. A Suzanne Collins traz temas sérios para o público infanto-juvenil sem ser chata ou pedante. Ela também sabe lidar com a tensão muito bem, cria ótimos cliffhangers, e muitos capítulos poderiam bem acabar com a tela preta e o logo de Lost. Estou mais que ansiosa para o segundo filme em novembro.

John Dies at The End – David Wong

Sério, mais pessoas deveriam conhecer esse livro. Trata-se da história de Dave e John, dois amigos que começam a ver coisas bem estranhas depois de entrar em contato com uma droga. Um humor como há tempos não via e referências pop bem utilizadas misturado com terror. John Dies at the End só poderia ter sido escrito por um dos editores do site cracked.com mesmo. Tem um filme baseado no livro, mas ainda não vi.

As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky

Mais um escritor que traduz com sensibilidade o que é ser adolescente. É leitura obrigatória para adultos que já esqueceram de como a vida na juventude era difícil. Eu li em uma manhã de domingo, mas para os que odeiam ler, tem um filme bem bacana com The Smiths na trilha sonora e a Hermione (Emma Watson).

Delírio – Lauren Oliver

Outra distopia, outra dica da @DayseD. Distopias podem estar com um grande destaque, mas não é qualquer um que acerta ao tornar crível um mundo totalitário para os leitores. Em Delirium, primeiro de uma trilogia, Lauren Oliver convence ao mostrar um mundo em que o amor é uma doença. É uma crítica interessante para aqueles que acham que carinho é dispensável e o que importa é alimentar e pagar a escola. E o livro final da série, Requiem, será lançado esse ano ainda.

Devo ter lido mais coisas, mas sinceramente, não lembro. Desenterrei minha conta no skoob para ter uma noção melhor do que estou lendo. E resolvi o problema de espaço comprando um kindle (antes de saber que o kobo tem touch screen, af). Espero ler mais livros em 2013 que 2012.