Descobrindo o Amor

damsels_gretagerwig
We’re also trying to make a difference in people’s lives, and one way to do that, is to stop them from killing themselves.
(Damsels in Distress, 2011. Dir Whit Stillman)

Nunca achei que as distribuidoras fariam tradução de filme pior que a de Blue Valentine para Namorados Para Sempre, mas aí eles traduzem Damsels in Distress (= damas em perigo) para Descobrindo o Amor. Parabeim, distribuidoras, vocês me surpreenderam novamente.

Descobrindo o Amor aparenta ser mais uma comédia romântica situada numa universidade, mas na verdade, o filme é uma sátira a esse universo. A trama começa com a chegada de Lily (Analeigh Tipton) à universidade de Seven Oaks, em Anytown – uma sacada meio óbvia. Em busca de um quarto para ficar, acaba se juntando à Violet (Greta Gerwig), Rose (Megalyn Echikunwoke) e Heather (Carrie MacLemore), um trio peculiar que acredita na cura da depressão através da dança, que as pessoas deveriam escolher alguém mais idiota para namorar de forma a ajudá-los a superar as limitações, e que as pessoas deveriam aprender a maior quantidade de clichês possíveis pois o mundo tende aos clichês. Ao mesmo tempo que dizem não julgar as pessoas e serem acolhedoras, criticam a falta de higiene de um grupo de rapazes. O namorado de Violet não reconhece que tem os olhos azuis, e seu colega não identifica as cores pois não as estudou por ter pulado a pré-escola.

Damsels In Distress

Fica evidente o surrealismo dos personagens e da trama no geral, e é necessário embarcar na viagem de Whit Stillman para se divertir com o filme e eu… não comprei. Os personagens são caricatos demais, e é difícil conectar com alguns dos personagens secundários. O trauma de Rose e Heather com cheiros é mais irritante que engraçado, é difícil acreditar que Thor não conseguiria identificar as cores… Tudo bem, a Violet é interessante, e os momentos que prendem são os que envolvem a personagem. A Lily também é uma personagem bem caracterizada, mas é prejudicada pela trama, e é outra coisa que me desagradou.

filmes_4382_Descobrindo-o-Amor-6

O roteiro de Whit Stillman é cheio de indas e vindas, e ele quebra o padrão de roteiro que estamos acostumados, mas, pra que? Analisando o que acontece com Lily, ela se envolve com um amigo, Xavier (Hugo Becker), mas conhece Charlie – interpretado por Adam Brody, e um dos poucos personagens secundários que não irrita -, só que esse outro é descartado como se nada tivesse acontecido quando o amigo reaparece, e em um momento isso é muito importante para o filme, mas depois, a trama envolvendo alunos suicidas é que realmente importa, então esquece a Lily e o amigo…

os mais lindos do filme, shippando <3

os mais lindos do filme, shippando ❤

Reconheço as boas intenções de Descobrindo o Amor. O filme evoca a Hollywood de antigamente, vide o título, uma referência a um filme de Fred Astaire. A ambientalização do filme lembra muitos filmes clássicos, a caracterização dos personagens também – a Violet é muito protagonista ingênua de filmes da Hollywood clássica. Há uma crítica comportamental, das hipocrisias, e o roteiro não ter um objetivo é uma tiração de sarro com a Hollywood atual. Só não consegui me divertir com isso, ou achar que o filme foi efetivo.

NOTA MARCELLE MACHADO: 2,0 (um pro Adam Brody, outro pra Greta Gerwig)

Felipe Rocha: 7

Média Claire Danes do ShitChat: Claire está se identificando com Violet e #nostálgica relembrando de seus anos na faculdade

tumblr_mhm7i9ukel1qfw6kdo1_250 tumblr_mhm7i9ukel1qfw6kdo2_r1_2

tumblr_mhm7i9ukel1qfw6kdo3_3 tumblr_mhm7i9ukel1qfw6kdo4_4

2 respostas em “Descobrindo o Amor

  1. deixa eu explicar meu 7 senao fica sem sentido: o filme tem um tipo de humor que muitos vão achar retardado (talvez seja), mas eu achei awesome. É completamente nonsense até mesmo pra esse universo doente do filme que tem um homem adulto descobrindo as cores pela primeira vez e é exatamente por isso que é legal. O problema do filme é que no final ele meio que não diz nada, mas ok.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s