O Dobro Ou Nada

odobroounada1

(Lay the Favorite – Stephen Frears – 2012)

Vocês lembram a uns posts atrás em que eu estava falando de minha inimiga, que me recuso a falar o nome (@marcellemml, sigam ela no twitter)? Então, ela se vingou e a intensidade de sua vingança foi tão enorme que estou sofrendo consequências até agora. A primeira delas foi a falta de internet durante 3 semanas, pois minha inimiga é fluente e conseguiu impedir todos os meus pagamentos, e a segunda parte da vingança foi ter me obrigado a assistir e escrever sobre O Dobro Ou Nada.

O Dobro Ou Nada se trata da ex-stripper Beth Raymer que cansou de esfregar a xavasca em velhos caipiras com cara de sujo e resolveu viajar até Las Vegas atrás do seu emprego dos sonhos, o de garçonete.

pode vir,mas vai se foder

pode vir,mas vai se foder

Porém Beth, conheceu Dink, agenciador e viciado em apostas, o que acaba desencadeando o vício de Beth. Como consequência de seu novo emprego, Beth tem de lidar com a esposa troféu de Dink, Tulip e seu temperamento difícil ao perder suas apostas milionárias.

A verdade é que O Dobro ou Nada é um dos filmes mais desinteressantes e desnecessários que já assisti em minha pobre vida. Nada interessa, nem o roteiro, nem a direção preguiçosíssima de Stephen Frears e o elenco todo cagado, onde nem a vida da protagonista (que é real) devia ser transformado em livro, muito menos em filme.

Do elenco, quase ninguém salva, são atores que podem facilmente fazer mais, porém preferem a caricatura. Catherine Zeta Jones é de matar de vergonha, eu me recuso a citar Vince Vaughn, e Rebecca Hall merece muito mais que uma senhorinha retardada que come cabelo quando ficar nervosa. John McCl…Bruce Willis é o único que faz o mínimo de esforço pra sair bem na fita, porém é tudo tão zoado que nem Bruce McClane com suas explosões mirabolantes conseguiriam salvar essa desgraça de filme do limbo.

to nessa merda doido pra explodir um helicoptero

to nessa merda doido pra explodir um helicoptero

E chegamos a Stephen Frears, que há 24 anos dirigia um dos melhores filmes de todos os tempos, uma das adaptações mais difíceis e bem feitas e com um elenco absolutamente afiado, e anos depois dirige um dos piores filmes que já vi, numa das adaptações mais inúteis da história com um dos elencos mais fora de tom do mundo e com essa consideração, eu deixo aqui a opinião de Glenn Close sobre essa atitude vexaminosa de Stephen Frears.

Resumindo, eu to aqui implorando à Rainha da Inglaterra, à Isabelle Merteuil e à Lilly Dillon o meu tempo perdido de volta.

NOTA LEANDRO FERREIRA : 2 pelo esforço do Bruce Willis

MÉDIA CLAIRE DANES DO SHITCHAT : Claire está devastada por Stephen Frears estar se sujeitando a filmes tão cretinos

cleir

4 respostas em “O Dobro Ou Nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s